z
Mais

Érico Brás e Zéu Britto se encontram em festa literária

16 de Março de 2021 -Redação
[Érico Brás e Zéu Britto se encontram em festa literária]

Com mediação de Franciel Cruz, artistas falam de humor na Felica

O primeiro dia da Festa Literária da Caramurê - FELICA – vai falar de humor. No próximo dia 28, a partir das 18h30, Érico Brás e Zéu Britto, com mediação de Franciel Cruz participam da mesa Rir para transformar: o poder do texto de humor. Esta é a segunda edição da Felica, que acontece de 28 de março a 04 de abril. O evento tem o tema O livro como instrumento de transformação.

Zéu Britto lançou três discos: Saliva-me (2007), Saliva-me Ao Vivo (2012) e Amor de Montar (2016). Com 20 anos de carreira profissional nas artes, leva em paralelo os trabalhos como músico e ator. Recentemente esteve em turnê com o espetáculo musical Delírios da Madrugada, que lhe rendeu quatro indicações ao Prêmio do Humor 2019.

Na TV acumula mais de 40 projetos, como Sexo Frágil, A Diarista, Gabriela, Saramandaia,  Vai que Cola e os programas Retalhão e Zéu de Estrelas. No cinema, mais de 10 filmes, como Saneamento Básico - o filme, A Grande Família, Fica Comigo esta Noite e Gosto se Discute. Integrou as trilhas sonoras de Lisbela e o Prisioneiro, ganhadora do Globo de Ouro, Meu Tio Matou um Cara, A Máquina e Capitães da Areia.

Érico Brás começou a fazer teatro aos sete anos. Integrou o elenco do Bando de Teatro Olodum, companhia de teatro criadora de “Ó, Paí, Ó”. Estreou na televisão como o taxista Reginaldo, na série Ó Paí, Ó, papel que já tinha feito no filme homônimo. Entre os filmes, destaca-se também “Tapas & Beijos”. Ainda na TV, participou dos reality globais “Dança dos Famosos” e “PopStar”.

Brás é um dos maiores expoentes da causa negra no Brasil, na atualidade. É conselheiro do Fundo de População da ONU e foi consagrado entre os "100 Negros Mais Influentes do Mundo", no Mipad 2018 (Most Influential People of African Descent). Na TV, é um dos apresentadores do “Se Joga”, programa que comanda ao lado de Fernanda Gentil.

A Felica contará com mesas de debate, bate-papos entre autores, pocket shows (conversas cantadas), saraus, contações de histórias, vídeoperformances e um concurso literário, em que o vencedor ganhará um kindle, exclusivo para estudantes  com o intuito de descobrir novos talentos.

Felica II - Com mais de 60 horas de programação cultural transmitida gratuitamente pela internet, o evento contará com mesas de debate, bate-papos entre autores, pocket shows (conversas cantadas), saraus, contações de histórias, vídeoperformances e um concurso literário, em que o vencedor ganhará um kindle, exclusivo para estudantes com o intuito de descobrir novos talentos.

A festa literária debaterá, dentre outros temas: os jovens como agentes de difusão do livro; o cordel como fonte de formação social; o combate à censura no Brasil; o impacto das mídias digitais na escrita e na leitura; a relação entre direitos humanos e ética religiosa; a literatura como instrumento de combate ao racismo; a arte como forma de explicar o mundo à criança; as diferentes culturas nacionais que se expressam em língua portuguesa; o atual cenário da produção de histórias em quadrinho na Bahia.

A programação está repleta de nomes de reconhecimento na literatura local, nacional e internacional como: Aleilton Fonseca, Antônio Torres, Cleise Furtado Mendes, Daniel Rebouças, Daniel Gociante Patissa (Angola), Francisco Senna, Humberto Werneck , Itamar Vieira Jr, Lívia Natália, Mabel Velloso, Ruy Espinheira Filho, Vânia Abreu, Saulo Dourado e outros. Ao todo serão mais de 30 horas de lives transmitidas pela YouTube e Instagram. A programação será lançada em breve.

Na programação, talento, diversidade e atuação na cena literária local e nacional formaram o tripé da seleção de autores e autoras, entre os quais estão, além de Lívia Natália, Itamar Vieira Jr., Jean Wyllys, Mabel Velloso, Kátia Borges, Aleilton Fonseca, Nivaldo Lariú , Carlos Ribeiro e dezenas de outros escritores baianos e de fora da Bahia, chegando um total de mais de 110 participantes.

A Felica II é uma realização da Editora Caramurê. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Pedro Calmon (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Agenda
O que? Evento literário: Segunda edição da Festa Literária da Caramurê (Felica)
Quando? 28 de março a 04 de abril
Modo Virtual: Youtube e Instagram da Caramurê
Evento totalmente gratuito.

 

Redes Sociais

Site: https://caramure.com.br/
Instagram: https://www.instagram.com/caramure/
Facebook: https://www.facebook.com/Caramure/
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCFAs6VAfw13zL0hXR68ZwVQ

Comentários

Outras Notícias

[Dany Bala transforma hit de MC Zaquin em pisadinha]
Música

Dany Bala transforma hit de MC Zaquin em pisadinha

16 de Abril de 2021

O funk original “Ô Moça” possui 23 milhões de plays no Spotify e mais de 50 milhões de visualizações em seu clipe

[Dudu Barros faz festa de aniversário com o tema Juliette]
Mais

Dudu Barros faz festa de aniversário com o tema Juliette

16 de Abril de 2021

Com engajamento milionário nas redes sociais, o promoter resolveu inovar no tema do seu aniversário.

[
Cinema

"Velozes & Furiosos 9" ganha novo trailer oficial

16 de Abril de 2021

Nono capítulo da saga tem estreia prevista para julho nos cinemas brasileiros

[Vila SAN será inaugurada na próxima semana]
Mais

Vila SAN será inaugurada na próxima semana

16 de Abril de 2021

Com nova decoração, mais clean e clara, para visitação ao longo do dia, a Vila SAN conta com patrocínio da Itaipava e trará opções gastronômicas, de moda e música, com atrações variadas

[Raffinha Oliver anuncia terceiro single autoral]
Música

Raffinha Oliver anuncia terceiro single autoral

16 de Abril de 2021

O novo trabalho promete ser mais um marco na carreira do cantor

[Atividade física na melhorar sintomas de doenças respiratórias]
Viva Bem

Atividade física na melhorar sintomas de doenças respiratórias

16 de Abril de 2021

Fazer uma atividade física também otimiza a saúde de quem sofre com as doenças respiratórias crônicas