z
Cinema

CRÍTICA: "Spirit: O Indomável" é previsível e morno

10 de Junho de 2021 -Redação
[CRÍTICA:

Continuação do sucesso da DreamWorks traz uma história que tem tudo para dar certo, mas erra no caminho

A franquia de “Spirit” segue após o mega sucesso do ano de 2002, que arrebatou o público mundial, apresentando a história de um cavalo que foi capturado por soldados durante a era das Guerras Indígenas dos Estados Unidos e a sua odisseia para a liberdade. Inclusive esse filme da DreamWorks foi indicado ao Oscar de melhor animação, perdendo para o anime japonês “A Viagem de Chihiro”.

Nesse novo longa, temos a história de Lucky Prescott, uma menina que não consegue aceitar a morte de sua mãe em um acidente montando um cavalo. O fato ocorreu numa cidade rural chamada Miradero. Assim como sua mãe, Lucky adora a liberdade, a ideia de ter que viver sendo comandada pelos familiares na cidade grande faz com que ela seja enviada ao interior para ser cuidada pelo seu pai, que até então não conseguiu superar a morte da esposa. Diante de uma relação complicada entre pai e filha, ela descobre a existência de Spirit, um cavalo selvagem que foi recém capturado, porém este não é bem cuidado. Com o desenvolver da história, Lucky tenta a todo custo seguir os passos da mãe, mas Spirit não se mostra muito apto para estabelecer tal relação. 

O caminho do filme se mostra interessante por diversas situações, como relação homem e animal e a de pai e filha. O vilão da história, que caça cavalos selvagens, tem aparições breves, sempre com um carregado sotaque interiorano, além de desprovido de qualquer aprofundamento de quais são as reais intenções. Isso só confirma que algumas subtramas estão a ser abordadas, mas de forma muito rasa. O pecado principal do filme é justamente o roteiro, com pontas que nunca apresentam conclusões efetivas e algumas decisões dos personagens bastante não compreensíveis. Por vezes o ritmo do filme cai a ponto de já sabermos desde a metade da rodagem o que vai acontecer no final.

Tecnicamente, o “Spirit: O Indomável” tem um desenho de som bastante interessante, destaque para os emitidos pelos cavalos que ecoam como se estivéssemos realmente no mesmo local que eles. A trilha sonora por Amie Doherty lembra trabalhos anteriores por compositores consagrados, em especial o feito pelo Jerry Goldsmith em Mulan (1998). As canções originais são bastante eficientes para o contexto da obra, creio que esteja entre uma das mais fortes para a próxima cerimônia do Oscar.

No geral, “Spirit: O Indomável” é uma continuação menos interessante do seu predecessor, que deve agradar alguns expectadores e frustrar muitos outros. Ele é um passo não bem dado pela DreamWorks em um material que tinha tudo para ser excelente.

 

Por Leandro Cerqueira
Colunista Convidado

 

“Spirit: O Indomável”

Estreia: 10 de junho de 2021
Direção: Ennio Torresan Jr.
Roteiro: Aury Wallington, John Fusco
Elenco: Isabela Merced, Julianne Moore, Jake Gyllenhaal

Comentários

Outras Notícias

[Matheus Alves lança primeiro álbum da carreira]
Música

Matheus Alves lança primeiro álbum da carreira

21 de Junho de 2021

O jovem lança “Pegada Diferente”, neste domingo, quando também se apresenta na segunda edição do evento São João de Todo

[Spirit: O Indomável inspira receitas juninas no Tastemade]
Cinema

Spirit: O Indomável inspira receitas juninas no Tastemade

20 de Junho de 2021

Longa para toda a família já está em cartaz nos cinemas

[Arquiteto explica como reduzir os custos de uma obra]
Decoração

Arquiteto explica como reduzir os custos de uma obra

19 de Junho de 2021

Márcio Barreto apresenta soluções para quem deseja diminuir custos, mantendo a qualidade e o resultado

[Jurassic World: Domínio terá prévia nas salas IMAX ]
Cinema

Jurassic World: Domínio terá prévia nas salas IMAX

19 de Junho de 2021

Filme dirigido por Colin Trevorrow terá prévia especial estendida na exibição de Velozes & Furiosos 9

[Mesmo em pandemia, registro de marcas cresce 28% no Brasil]
Mais

Mesmo em pandemia, registro de marcas cresce 28% no Brasil

19 de Junho de 2021

Advogada de Empresarial e Propriedade Intelectual, Gabriela Fragoso explica como se preparar para não viver situações de surpresa.

[ASA apresenta MPB com inspiração indie em EP de estreia]
Música

ASA apresenta MPB com inspiração indie em EP de estreia

19 de Junho de 2021

“Instintos” une cantora baiana Ananda Góes e produtor musical paulistano Fabricio Di Monaco